sábado, 21 de fevereiro de 2015

Alguns bastardos aleatórios

  Eu meio que ando delirando, claro. Só que não é motivo para não me ouvir. De certa forma, vou acabar mostrando uma visão das coisas baseadas na minha visão ferrada e bugada da realidade, que sinceramente nenhum de nós sabe se existe ou sei lá.
  Desde que me lembro, sempre fui do tipo que observa as coisas,  gosto de por exemplo ouvir conversas, ler comentários, discussões e etc. Acho algo muito interessante, o diálogo. Onde sabe, se descobre tudo de alguém. Uma conversa é tão reveladora quanto um olhar ou um volume na calça ou molhado. O ponto que quero chegar é que pelo que você fala, você mostra o que é. Aí que muita gente causa aquela vontade supervilã megalomaníaca de destruir a raça humana. Sabe, explodir cartunista, jogar avião em prédio,  saquear a bosta da Ucrânia, ser os EUA e invadir o Iraque ou virar uma ditadora comunista de bigode da China ou criar cultura de bosta como artista brasileira. Isso foderia as pessoas e seria daora. É como ler comentários sobre política, o post é sobre suruba e o babaca fala em racismo. Podia se esforçar e falar "Caraio, qria ta ali", mas prefere ser um babaca. E esse tipo você soca, porque se relacionar com gente assim só causa aquele desejo destrutivo de extinção. Como o feminismo ou gente que tenta parecer melhor falando mal dele, acha que é pra desenvolver discussão ? É uma tentativa de parecer esperto.
  É ótimo ver uns caras falando que a música hoje é vazia, vulgar e apelativa,  e se esquecer que sabe, a música tá em todo o lado e você pode escolher o que ouve. Ou ainda gente que tenta reverter coisas como racismo. O racista se auto promove e diminui a outra " raça ", como os brancos que se acham melhor que os negros e negros que acham melhor que branco. Tipo, é burrice e não tem sentido.  Acho que tentar entender essa bosta é perda de tempo. O que sobra é a zueira. O branco cor esperma, o negão diamante negro que não consegue sentar porque tem 3 perna. Enfim, decidir ignorar essa bosta e rir e foda-se.

  Viva a supremacia branca !!! Salgada e viscosa hehe

  A mídia compra isso, porque o púbico é débil mental assim. Dou de exemplo as manifestações, vai que de verdade era umas 10 pessoas, aí na TV isso sobe pra 100 pra causar a velha histeria. Ai por exemplo, a política, eles põe uns número meio aleatório de taxas que ninguém sabia que existia pra  dizer que a economia ta uma bosta. Bem, ai que se vê a babaquice, é o teste máximo. Se o troxa me vem falar mal do comunismo porque se acha o pica " i m anti fuckin comunista",  que se acha a política McCarthy, que é a porra do general ( capitão, sei lá, foda-se) Patton. Que tirou o vermelho da gama de cores pra ver só o azul e verde, que mudou a cor do  sangue pra azul vermelho estrela, que não faz suruba , enfim....Esse cara, só tem que parar de existir. Assim como o inimigo natural dessa bosta. Porque gera discussões retardadas sobre como o capitalismo é da potaria de como o comunismo adota o comunismo sabe, gang bangs, gang bangs.
  É ruim porque acontece em discussão séria!! Você pode morrer porque um retardado acha que você é muito gay  mesmo que esteja com sua piroca dupla, num sexo à 3. Ou que você é muito negro se camuflando na neve. Isso afeta até o branco rico bem sucedido ( quanto pleonasmo kk ). Às vezes o cara nem é rico, só branco, ai é roubado ( kkk). Porque no pensamento do nosso pretinho funkero da favela ( estamos sendo racistas, lembra?), o branco viado cor de esperma tem muita grana do papai e da mamãe. Resumindo, essa bosta de ser irracional afeta a todos. Essa é a grande tristeza de nossos tempos, o que eu acho que nos torna pior que o século XX. Não mudamos nada nisso. A promessa moderna de que a ciência traria um mundo melhor, morta. A ciência não é nada mais que uma ferramenta, assim como se usa o martelo pra criar coisas, podemos usa-lo pra quebrar ossos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário