quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O tal curso técnico grátis e que recebe graninha....

  Eu estou num curso que odeio, simplesmente não gosto e não me importo com manutenção de computadores. Me puseram lá para tentar se achar útil como tutores. Nunca pude falar nada sobre isso, acha que ouvem? Se ouvissem eu não estaria lá. Isso é a minha experiência com o pronatec.
  E não é apenas comigo que isso acontece, acontece muito com outros alunos. Estão lá e não gostam nenhum pouco daquilo, sem contar que por diversos motivos. Um deles é esse(o meu), os pais analfabetosignorantesereligiosos, tudo junto mesmo, põe seus filhos num curso qualquer que dê grana e foda-se se ele gosta ou não. "É técnico" e daí?  Foda-se, se ele não gosta, vai faltar, não vai estudar e se for um "jovem rebelde" vai matar aula. Isso eu vejo acontecer. Dê um passe de estudante + 100 e poucos por mês pra um "jovem rebelde" pra ver no que dá.....Duvido que qualquer infeliz velho lendo isso não se diga, "Oh, na minha época não era assim, o governo dando oportunidade...". Lembra do seu tempo?  Anos 60,70,80 ou 90, certo?  Quando não gostava de algo fazia o mesmo, se é um desses que se faz de íntegro,  naquele tempo, provavelmente, era assim.Dessa forma, essa oportunidade se anula considerando que o aluno não se interessa por aquilo. Inclusive os problemas de nota e faltas são por isso.
   Outro motivo pra entrarem nisso tudo, é a grana. Ficar lá, recebendo dinheirinho sem fazer nada, ótimo ne?  São 120 se 4 dias na semana, pra um ser que não gosta de trabalhar e é jovem, isso é muito. E graças à isso fazem o seguinte : Vem uma vez no mês e ainda recebem o dinheiro. Simples assim. O dinheiro é atraente pra ingressarem no curso, ou seja, não vão fazer coisa nenhuma. E isso tudo é com a maioria que entra nos cursos oferecidos pelo pronatec. Conclui tudo isso de observações como aluna.
   Você deve saber que a maioria dos jovens na república verde amarelo não ligam pra estudo até os 17 anos, porque nessa idade podem realizar o acontecimento que mitologicamente determina se são um sucesso ou um fracasso socialmente : A faculdade. Onde você ganha um papel dizendo que sabe algo. Isso impacta o programa e muito. Pois no geral, não há interesse nos cursos em si. Você acha, acha, que um cidadão que nunca ligou pra escola, vai ir buscar um curso técnico? Vou dar tempo pra pensar......1........2...........3. Foi?  NÃO NÉ!!!!! Os pais disfuncionais (porque pra criar alguém assim....), vão lá, leigos, vêem cursos grátis, técnicos e ainda ganha valezinho, sem contar os nomes alienígenas que impressiona quem viveu uma vida boêmia e é pobre hoje.
  Esse problema do desinteresse afeta quem realmente quer estudar e ama aquilo. Porque essa pessoa pode não conseguir vaga porque esses tipos que entram estão ocupando e se, se entrar vai ter problemas com trabalhos em grupo, aaah e fazem muitos... A pessoa vai se foder bastante lá. Só aviso..
  Só pra deixar claro, não são todos assim, há pessoas que gostam. No geral, vejo com bons olhos o programa, é importante investir no próprio povo. Só que os problemas citados podem comprometer essa ideia, a longo prazo pode se tornar reduto decadente de vermes que só querem grana e um papel que os entitula de técnicos. Pode diminuir a qualidade dos cursos oferecidos e gerar uma geração de técnicos medíocres.
   Uma solução para isso seria uma especie de peneira. Realizar provas para entrar, talvez entrevistar os candidatos, dependendo do curso, por requisitos básicos, como saber de informática básica nos cursos envolvendo informática, por exemplo. Algumas medidas assim, realmente deixar apenas para interessados, não é qualquer coisa ne?
  Isso é o que vejo acontecendo, minha opnião como aluna. Se gosta mesmo, leitor,dos cursos, vá e faça logo. Se gosta, importante que vá, antes que alguém o faça. Seria interessante compartilhar esse texto, só peço pro Sr Pronatec não me processar e ouvir o que digo.

PS : Mesmo não gostando, vou todo dia e faço tudo que me pedem pra fazer. Faço por fazer, vou por ir, mas vou e ainda tiro boas notas. Quando falto, fico em casa. O curso atrapalha a minha vida, porque estou tendo problemas pra dormir, estou no 3 ano do ensino médio e vou mal, pra reprovar, tudo porque não posso, não consigo e fico morta de cansada. Me canso a ponto disso me destruir como leitora, queimar toda minha capacidade de lembrar que já não era boa, além de eu voltar todos os dias com dores no corpo, principalmente na perna, pois tenho um problema de nascença que me faz mancar. Eu queria poder passar na escola esse ano e graças ao curso forçado não vou poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário