domingo, 17 de agosto de 2014

Clara - A assassina(5)

  O olhar desesperado de Carl vendo a morte de seu capitão. Triste pra ele, queria me matar, morra...

- Ele foi sarcastico- diz Carl, com uma voz de choro.
- Ele ia me matar.
- Ele sempre faz essas coisas......era brincadeira.
- Como eu iria saber?
- ...Agora, preciso te deter...
- Acha que consegue?

  Aponto uma pistola para ele...

- Viu os corpos do elevador?  - digo
- Alguém muito insano fez aquilo....
- Fui eu
- O que? Não fugiu por quê?
- Eu precisava de um banho.
- Você é doente...
- Sei...Mas agora esse não é o seu maior problema.
- E qual seria?
- Levanta...
- Ok senhorita.
- Gosto de você- Atiro nos pés e pernas, ele fica de joelhos, não grita, incrivel...- Tira tudo.
- O que? Gosta de mim.....
- Fica pelado.
- O que?
- Vai
- Tá bom...

   Ele revela o rosto, loiro, olhos azuis sem lente...Logo tira a camisa e o colete, mostra seu físico impecável, os peitorais robustos como de um Hércules...Admito que foi bom o obrigar à isso....Começa a tirar as calças, o grande volume na cueca, as pernas fortes...

- Feliz? - diz ele
- Encantada, mas esqueceu uma peça.
- Moça, pra que isso?
- Tira. Anda!!!
- Ok ok...

  E ele liberta seu menino enorme.

- Nossa- digo- É enorme
- Vou levar como elogio.
- Minha vez..
- Pra quê?
- Olhe..

  Tiro rapidamente meu shorts e blusa..Logo o derrubo e eu estou por cima...Pego minha faca e faço cortes em nossas mãos. Seguro com uma força que fazia os ferimentos sangrar. Ele se excita, eu me encaixo devidamente...Começo a dançar, expressar um amor eterno que nunca tive, só uma tara...Ele não podia fugir, não porque me ama, mas porque está ferido. É um estupro, é....Ele parece sofrer com isso, ter raiva, vejo na expressão, "não quero você".  Eu quero, me divirto com isso, te amo, pelo menos por agora.......

  Suspiros, a raiva dele, se expressando à cada aperto que fazia nas minhas mãos.

  Depois de um bom tempo, depois de alguns orgasmos. Me deito, frágil ao seu lado. Rapidamente ele pega a minha faca e me rende.

- Por que fez isso??? - disse gritando, com muita raiva. - Eu tenho uma garota, a Bruna- começou a chorar- Como vou me explicar..........
- ...
- Vou acabar só, ela vai me deixa, você matou meu melhor amigo......
- Não me importa se me matar....
- Eu não vou, alguém tão mal, merece ser julgado, sofrer numa prisão.
- Nada importa.......
- Vou te prender e você vai ter essa criança se engravidar, vou dar amor, ser um bom pai....Talvez a Bruna dê uma boa mãe.
- Depende de mim...
- Olha, só não te matei por isso...
- Vai fazer algo agora?

  Se levanta se apoiando em mim, a faca no meu pescoço, ele me põe algemas e se veste e me por um casaco grande da polícia.....

- Eii- digo- Pode ter sua vingança, me mata.
- Não quero ser como você.
- Devia...Mas não passa de um miserável...

  Ele dá um tapa forte e eu caio, bato numa quina e desmaio.....

  Vejo flashes, dele ou alguém me levando pelo prédio...O som confuso das vozes no térreo, não consigo ver com um dos olhos...Torço pela minha morte, ouço as sirenes, a visão enfraquecida se torna negra, morri?

  Eu sonho, depois de quase um ano. Eu vejo um belo vale, com flores e um mar no fundo, o céu azul sem calor. Lá estava sentada num banco vendo os pássaros, andorinhas e gaviões, sem se matar. Me sentia feliz, uma paz, estava com um vestido rosa de praia e uma coroa de flores. De repente, tudo para, as cores se invertem, o som se inverte. Uma pomba branca com uma guitarra voa até mim, e explode....se mostrando na figura de Jesus com uma guitarra.

- Olá moça.- diz Jesus
- Oi
- Você cometeu muitos pecados?
- Foda-se
- Ohh, que insolente.
- Você é um rei dos fracos e doentes, eu sou insolente, você peca contra a vida, luta contra ela.
- Você matou pessoas.
- Pelo menos não as deixo morrer doentes como você.
- Olhe mocinha!!! Vou te mandar pro inferno!!!
- E daí?  É muito diferente de São Paulo?
- Aaaaa, como você me irrita.
- Que foi? Nunca viu alguém que não liga pra quem você é, playboy?
- Respira, pensamento positivo....- Ele repete uma duas ou três vezes isso. - Da próxima, Lulu vem falar com você, ele entende melhor essas do teu tipo. Porque pra mim já deu.

  Ele toca algo com a sua guitarra e eu acordo .....

Nenhum comentário:

Postar um comentário