sexta-feira, 11 de abril de 2014

Isolada

...Ela está presa. Ela enlouqueceu. Ela é amiga da morte. Decidiu nunca mais sair....Pro mundo onde o podre prevalece, onde a dor é mero sacrifício banal e honroso, onde todas flores morreram secas. Um mundo sem arte, sem música, sem existência, um vazio que preenche cidades, casas, vales, colinas....Ela se pergunta "Pra onde foram todos ? Por onde anda o genial Homo Sapiens ? Será que morreu ?". Talvez sim, talvez ou talvez....enfim, de qualquer maneira, a seleção natural tratará de fazer seu trabalho e quando o fim chegar, não me chame pra te salvar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário