sábado, 15 de fevereiro de 2014

Sofrimento é ilusão...

  E se eu te dissesse que quase tudo o que sofremos é bobagem ? Ajudaria muito não é ? Então, é assim que são as coisas. Muita gente sofre por não conseguir pagar as próprias contas, sendo que existem pessoas que queriam se incomodar com isso. Algumas pessoas nunca tiveram nada e por isso mesmo gostariam de um dia reclamar da conta de luz. Dá pra dizer que sofrer por isso é bobagem e também podemos arrumar dinheiro de qualquer maneira, mas não podemos arrumar um amor sincero de qualquer jeito em lugar qualquer. Podemos dizer que está bem, você não precisa sofrer por isso.
  Outra coisa que faz as pessoas sofrerem é esperança. Talvez, um pouco, seja bom, porém muito é alucinação. Primeiro que você não manda no mundo, segundo que não se faz o futuro apenas por pensar nele, você deve agir e deve basear-se no que faz agora para ver o que será depois. Se não estiver fazendo nada, você será o nada. Esperar algo bom pra si, sem fazer nada, é como esperar um beijo sem merecer um beijo. A religião extrapola essa ilusão. Ela cria entidades que tem diversas tarefas e atitudes, dependendo da sua conduta perante ao dogma. Se não obedecer, as entidades ruins iram destruir sua vida e se for certinho, iram te proteger e fazer sua vida um sonho. A pessoa se torna obediente por esperar ficar bem, só que não existem tais entidades pra tal. Ou seja, ela sofre por algo bobo, deixa de viver pra servir aquilo por nada. Se ela não tivesse sido boba, não choraria por ter medo do escuro.
  Acho que já falei, que todo mundo ama poucas pessoas mesmo e o resto que diz amar, é só pra não se se sentir sozinha. Acredito que quando alguém que a gente não se importa morre, tanto faz né ? Pois é, deveria ser assim. Algo que se vê muito quando alguém morre e digamos, tem muitos amigos, é isso. Muitas vezes pessoas nem se importavam com aquela pessoa e do nada, sentem uma tristeza, um remorso, e etc. Isso inclusive aconteceu com Michael Jackson. Quando vivo, era pedófilo, racista e um idiota. Dai quando morreu, se tornou um músico talentoso, um dançarino lendário e uma pessoa que queria ser jovem pra sempre. E ouvia isso de gente que nem ouvia Michael Jackson, mesmo. O mesmo com Amy Winehouse, quando morreu, foi de crackeira a um jovem talento musical que foi vítima das drogas. Enfim, não chore por quem não se importa, você deixa de sofrer muito.
  Muita gente sofre por não ter as coisas, sem pensar muito se precisa ou não. Isso se resolve com bom senso e um pouco de auto conhecimento. Mas sofrer por não ter algo como amor, como felicidade, é diferente. Exige auto conhecimento, mas diferente do objeto, você precisa ir atrás e buscar. Nem que seja no Google mesmo, você pode achar amor, por exemplo, em qualquer lugar( não de qualquer jeito), basta procurar. Por que sofre por não ser feliz, se ao menos foi atrás da felicidade ? Teria sentido esse sofrimento se tivesse buscado e não achado.
   Mas a pior coisa que pode acontecer à alguém é perder alguém especial. Levar mil balas e morrer queimada é menos doloroso, pois você sofre mesmo pouco tempo. Até perceber que morreu, já teria morrido. Só que não é assim quando se perde alguém especial. Parte de você se vai e deixa uma dor mortal no peito. Um peso, uma culpa, seu coração escurece como se tivesse morrido e a cor da sua vida é o preto. Tudo perde o brilho que tinha com aquela pessoa. A vida deixa de ser vida. Eu nunca perdi ninguém especial, pois nunca tive mesmo, porém acredito que a minha vida seria outra se eu tivesse. Agora achei pessoas especiais e acho que vou perdê-las, então já to meio que voltando a me acostumar com o vácuo no peito...Enfim, muitas vezes as pessoas sofrem apenas por serem bobas, isso acontece com todo mundo, por isso sempre repense sua dor, talvez ela nem deveria existir....

Nenhum comentário:

Postar um comentário