segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Coletivismo danoso

  Atualmente a maioria das pessoas que tentam apontar problemas no mundo, tais como miséria, fome, pobreza, apontam o individualismo como principal vilão. Eu discordo dessa opinião, acredito que a miséria, a fome e a pobreza sejam coisas que sempre aconteceram e sempre acontecerão, visto que é algo natural. Tenho a impressão que na verdade isso é culpa da vida em sociedade. Vou dar um exemplo simples : Imagine um selvagem solitário na floresta, que pega sempre o necessário de comida e água. Se veste com o que precisa, usa apenas o necessário para viver. Ele não tem que se preocupar em parecer forte, sadio, ou em mostrar que é o melhor em alguma coisa. Agora coloque o mesmo selvagem numa tribo. Ele sempre vai buscar mais comida, mais água, usar roupas extravagantes, sempre querendo mostrar ser o melhor e por aí. Tudo para ganhar status social. Este que dá prazer e segurança e que o satisfaz infinitamente. Aí que tá, se esse selvagem não pensasse na opinião alheia nunca teria buscado tal status. Porque sozinho, ou pensando individualmente, ele nunca se importaria em ser o melhor ou pior do que qualquer um. Logo, o ganancioso é apenas mais um coletivista.
  Quanto tratam desse tema, falam da empatia, que "se as pessoas tivessem mais empatia, o mundo seria melhor" . Dessa eu concordo em parte, se todos tivessem empatia, tudo seria melhor. Porém nem todos tem esse talento. Não são todas as pessoas que conseguem ser realmente empáticas. A maioria se baseia nos próprios valores de bem e mal. Não conseguir fazer esse simples exercício é falta de capacidades mentais , uma preguiça intelectual enorme. O cego por status sempre se baseará nas premissas do que é uma boa vida através da sociedade. Este toma isso à ele mesmo. Acaba sendo mais egoísta ser uma pessoa coletivista do que individualista. Claro, os problemas sociais não tem como única causa isso, existem uma gama enorme de fatores que devem ser analisados para melhor compreensão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário