sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Relato 040 : Eu queria ter morrido

  Não acho que é fácil saber que seus familiares não gostam de você. Apesar de não me importar mais com eles, porque pra mim, família tem que ter laços afetivos, do contrário tudo não passa de teatro. Eu preferia ter sido órfão, ou abandonada ou morta à viver com eles. Me dizem que me amam, mas que tipo de amor é esse que desrespeita, não tenta compreender, conhecer e aceitar ? Pra mim, isso não é amor. Se é para continuarem a ser assim, por favor, eu implorei, me mate. Mas com certeza algum de vocês deve estar pensando "Ah, vai trabalhar. Você não sabe o que é sofrer na vida...". Ei, não posso deixar as coisas de lado e simplesmente trabalhar 24 horas como se não fosse algo importante. Primeiro que praticamente não tenho família porque eles só querem um brinquedo. Querem alguém que concorde TUDO, sem pensar, com eles. O que uma família deve ter para ser uma família ? Laços afetivos ! Não temos isso. Numa família de verdade há compreensão, carinho, aconchego, respeito e muitos outros valores clichê que se fala nos filmes ruins da Sessão da Tarde. Eu não tenho nada. Se eu vivesse numa família miserável, cobraria a mesma coisa. Se eu fosse rica, o mesmo.
  Não dá pra viver com eles, se eu ficar 6 meses depois dos 18 que seja, pode contar com o meu  suicídio. Diga o tempo todo pra alguém que não presta, que é inútil, que não tem futuro, que é vagabunda, falar que tudo que essa pessoa diz é besteira, que é viciada, que é burra, fresca, retardada, idiota e preguiçosa por 16 anos, acha que essa pessoa vai viver sorrindo por aí ? Mesmo essa pessoa não desrespeitando ninguém, não cometendo nenhum crime, não fazendo a família "passar vergonha", essa pessoa sendo educada, tirando notas boas na escola, que quase não faz piadas, o pior que me convenceram que sou inútil e preguiçosa, mesmo sendo o que querem que eu seja.... A além do mais, censurando cada sinal de individualidade dessa pessoa, desde criança, praticamente a chamando de abominação o tempo todo. Imagine isso pra uma criança. Estou sendo fresca ? Não tenho vontade nem de ser feliz mais, até agora, passei TODA a minha juventude num quarto sozinha... Agora vou perder o pouco que me resta trabalhando ? Só queria ser feliz, pelo menos um pouco, aprendi com eles que não importa......Com certeza não vou viver muito, e esse pouco tempo vai ser infeliz....

Nenhum comentário:

Postar um comentário