terça-feira, 6 de agosto de 2013

Relato 038 : Sempre na sombra

  De longe sou a pessoa mais solitária que já vi. E já conheci muita gente mesmo, mas nenhuma com tamanha solidão. Algumas das pessoas solitárias que conheci tinham os pais em que podiam confiar e amar. Eu não tenho isso. Outras mesmo não tendo uma relação muito boa com os pais (melhor que a minha), ainda contavam com amigos que na maioria das vezes eram amigos mesmo, nada falso. Era até bonito ver esses amigos se vendo, eu observava com inveja, pois nunca tive aquilo. Nem personagens fictícios são tão solitários, a exemplo de Piccolo de Dragon Ball Z, que apesar de ser daqueles caras zen que gosta de meditar, ele tem amigos como Goku e cia. Zero de Megaman X, na minha opinião o melhor de todos os char de todos os jogos. Apesar de ser um samurai que fica em silêncio e etc, tem amigos e acho que até namorada. Sou tão só, que não tenho nem amigos imaginários. A única amiga que tenho vive longe demais para fazer-mos coisas de amiga. E sinceramente, a nossa amizade só vai ser constatada 100% quando nos conhecermos de verdade, no mundo real. (Mas digo que somos 99% amigas, hehe)
  Vamos à estatísticas (sou horrível em matemática, então perdoe qualquer erro). Eu divido minhas conversas em 3 níveis : Inferior, meio e superior. A inferior inclui cumprimentos (como oi e bom dia), conversas para conseguir algo (pedir autorização pra sair mais cedo, perguntando informação, comprando algo, etc), estas correspondem à 80% de todas os meus contatos com outros de minha espécie. A maioria dessas conversas inferiores ocorre no mundo real, sendo raras de acontecer na web. As conversas inferiores tem a característica de serem impessoais, não se importando com quem eu sou ou não, geralmente acontecem por pura convenção social. As conversas do meio são mais razoáveis de qualidade, correspondem a 19% dos meus contatos. A característica deste é levar em conta minha existência, porém com ignorância de parte dela. Posso incluir nesse grupo: debates, conversas sobre gosto musical, jogos, e etc, piadas, às vezes algo um pouco mais pessoal,  e etc. Há um equilíbrio nesta categoria, pelo fato de ocorrer tanto no mundo virtual como no mundo real. O tipo mais raro de conversa é o superior. Este envolve o conhecimento quase total de mim, a sinceridade e o diálogo. Não lembro de conversar assim com ninguém no mundo real, apenas no virtual com o que, 2, 3 pessoas... Se fosse cara a cara não acontecia, acredite.
  Fiz este post me auto-rebaixando pra você que um dia se sentiu só, se sentir melhor lembrando que existe alguém mais só que você, eu. Sorria, enquanto choro sem lágrimas....Quanto drama, me faça rir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário