domingo, 18 de agosto de 2013

O mundo de duas causas

  É na verdade uma ideologia falsa criada com o intuito de facilitar a compreensão do mundo, assim criando apenas duas causas para tudo , bem e mal. Não posso dizer onde começou por falta de recursos, acredito que seja antiga. Ela é perceptível em diversos lugares, um deles são as histórias infantis, videogames, novelas, filmes, livros religiosos, e etc.
  O que vou escrever não é tão aprofundado por falta de recursos mesmo, então apenas considere como uma ideia inicial. Como eu disse, é visto em histórias infantis. A bruxa da história da Branca de Neve é apenas a invejosa e má e não como uma mulher insegura e insatisfeita com a própria aparência. Esquecem que o "mal" também é humano. Os Smurfs por exemplo, tudo que acontece de "ruim" é culpa do tal Gargamel e o que acontece de "bom" culpa do papai Smurf. No livro sagrado mitológico cristão, Deus ( o personagem "bom") é o causador de todo bem e o Lúcifer(o vilão),o personagem  causador de todo mal no livro. Pode-se ver na política durante a guerra fria, onde para os capitalistas, o comunismo era responsável por todo mal e eles (os capitalistas) como os responsáveis por tudo que há de bom. E a ideologia comunista também é assim, pensando sempre que o mal é causado pelos burgueses, idependendo do contexto, as coisas boas, segundo eles, vem do comunismo.
  É um mundo simples : existe bem e mal. Não existem meios termos, ou outras coisas que justificariam os papéis das coisas, apenas bem e mal. Se você for perceber muitas pessoas (muitas mesmo) ainda vivem pensando assim, algumas podem passar a vida inteira só pensando assim. É simples viver num mundo assim, existem poucas coisas para se compreender. A única coisa que se desenvolve é a extensa lista de xingamentos, ofensas e etc que você vai fazer com quem é mal e a total puxa-saquisse que vai fazer  com quem é bom.
  Por que digo que esse mundo é falso ? Primeiro que bem e mal são conceitos relativos a cada pessoa (no geral o bom satisfaz a maioria de uma sociedade). Segundo que o mundo não se resume em bem e mal. Desastres naturais não acontecem por serem maus ou porque "a mãe natureza se irritou com nós, porque a gente anda sendo mal-criado com ela." Não existe isso, um furacão ou um terremoto não acontece graças a raiva da natuteza ou "porque fomos maus". Esses desastres já aconteciam antes da existência da raça humana, portanto além desses desastres não sentirem nada e todo valor de mau ou bom foi atribuido por nós, logo não tem importância, pois se não existirem mais humanos, esse valor se perde conosco. O subdesenvolvimento brasileiro não se dá apenas porque "todos os políticos são des honestos" ou "porque a educação não presta". Existem muitos outros motivos para um país não se desenvolver, um deles é a cultura.
  Só pra constar, ninguém em específico criou tal ideologia, é algo que vem do inconsciente coletivo ( acredito que até Karl Marx caiu nessa...sozinho). Ou seja, é algo que nos acompanha talvez até mesmo antes de cristo, já que é visto em muitas religiões antigas. Não existe um burguês, um gay ateu satanista militante (gíria cristã moderna pra tudo que acha "ruim"), ou diabo ou etc que tenha criado algo assim, Ok ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário