domingo, 4 de agosto de 2013

Nada importa

  Tudo que sabemos é conhecido através de explicações, que podem ser aprendidas empiricamente e/ou racionalmente. A questão é : ela parte de nós mesmos. Quando você diz que a terra é redonda, você concorda com quem fez essa afirmação. Você faz isso. É convencido através de provas, evidências que comprovam que aquilo se aplica mesmo, neste caso.   O nível mais baixo de explicação seria não explicar. Sim, as coisas podem ser explicadas, com provas ou não. Mas não explicar, seria não dar sentido as coisas. Seria não chamar a pedra de pedra, não chamá-la de nada, não atribuir valor à ela. Todos atribuímos algum valor à tudo. Ele é dado as coisas, elas não tem o valor por si mesmo. No fim, nada importa mesmo. Veja a imagem abstrata abaixo, por exemplo, ela significa alguma coisa ? Ela representa algo ? Se sim, se imagine sem quaisquer conhecimento, ela significa algo ? Veja a segunda imagem, um símbolo japonês que para os japoneses e quem entende a língua japonesa sabem o significado, mas pra quem não sabe falar japonês, não significa absolutamente nada. Nós damos o sentido as coisas, elas não tem por si só...

Talvez eu escreva algo a mais depois...

Nenhum comentário:

Postar um comentário