sexta-feira, 12 de julho de 2013

Scripts de vida

  Acho que já faz um bom tempo que não sei o que é sair de casa. Bem, eu saí mas não do jeito que queria. Não vejo mais tv, pois tem informações incompletas, insuficientes e mentirosas nos jornais, programas de baixa qualidade e só serve pra me lembrar da desgraça que é essa sociedade. Vejo padrões na minha vida. Como sempre levanto ao som do despertador porque tenho que sair pra escola. Visto uma roupa, tomo café e saio. O sol não está visível gracas as nuvens de chuva que nunca chovem. Daí de longe vejo um ônibus saindo do ponto. Lá vejo sempre pessoas que querem ir de ponto A a ponto B e talvez num C . No terminal de ônibus vejo um pessoal mais desanimado, como se fossem fazer algo que não gostam de fazer forçado, alienação do trabalho segundo Marx. Já na escola há diversos tipos, tantos que não quero nem citar.
  Peguei esse pequeno trecho da minha rotina pra explicar os scripts e como podem ajudar. Para por exemplo, você escovar os dentes,  você executa um script. Que não é um destino traçado, mas um conjunto de ações que ajudam a concluir outra ação. No caso de escovar os dentes, se faz diversos movimentos com a escova nos dentes para limpá-los. O macaco para pegar comida no alto de uma árvore quase que automaticamente sobe a árvore para pegar o que quer. E para cada ação de qualquer ser vivo há uma estratégia. São reflexos institivos ou aprendidos que podem ser ou não se adaptar facilmente. Os institivos vem de reações como se auto-preservar, buscar um grupo, achar um abrigo, um parceiro... São vistos em todos os animais e em humanos alguns são diferentes. Como por exemplo não haver época de acasalamento e/ou dança de acasalamento, sendo que isso pode ocorrer em qualquer época (hehe). Entre vários outros. Cumprem as necessidades básicas, só que em humanos é diferente a maneira de suprir essas necessidades. Os scripts aprendidos tem a ver com o ambiente e sobrevivência. Quem não segue os scripts aprendidos os quebra . Um exemplo é o empregado tentar sempre fazer um trabalho bem feito quando o chefe está bravo, pois ele sabe que o chefe pode demiti-lo e desempregado pode acabar tendo que viver nas ruas, o que dificulra sua sobrevivência e não é bem visto socialmente. Uma menina começa a agir de uma maneira para parecer legal e ter mais amigas, nesse caso há dois scripts agindo : o institivo e o aprendido. O institivo o de procurar um grupo e o aprendido de parecer legal. O aprendido é adaptável e tem base nos institivo. Pois no institivo por exemplo, se você sente sede e sente que deve tomar água, porém não sabe como achar água. Ai no script aprendido você em algum lugar aprendeu que se acha água em rios, lagos, lagoas, torneiras, na garrafinha cheia dela e etc. Tudo começa com o script institivo e no aprendido se tem o " como fazer".
  Isso pode acontecer com a vida de uma pessoa. Ela pode ser condicionada a viver de uma maneira. Esse condicionamento ocorre nas instituições sociais, como a escola, a família, a mídia, religiões, etc... Estes sempre tendem a inibir o indíviduo da vontade de cometer comportamentos inaceitáveis socialmente. Tais como a simples mentira como um estupro. Elas tem a capacidade de moldar a consciência coletiva de um individuo. Essa imposição é como dar papéis à atores. No cristianismo a subimissão feminina, numa família o papel de filha, na escola o de aluna... Cada um contém um conjunto de ações e atitudes socialmente aceitas. Repare por exemplo que quando você diz "oi" a maioria te pergunta como você vai. E você mesmo estando mal responde "bem". Quebrar esse script seria perguntar outra coisa que não fosse um "como vai você". Tenta perguntar sobre algo em que a pessoa questionada goste, se gosta de futebol pergunte sobre futebol, se gosta de coisa x pergunte sobre coisa x. A reação é de um pequeno sorriso pois ela se sente especial. Aliás, isso é a melhor forma de conquistar qualquer pessoa. Bem, por enquanto é isso. Talvez eu escreva mais sobre isso mais tarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário