segunda-feira, 8 de abril de 2013

Doce Liberdade!

  A liberdade , amada, idolatrada, pessoas matam por ela, nações democráticas a colocam em suas constituições, celebrada nas letras rebeldes dos punks e nas músicas psicodélicas dos hippies.
  A liberdade de longe é o que mais as pessoas quando querem mostrar algum auto-controle, alguma independência , elas se lembram que ela existe.
  E se eu disser que a liberdade não existe, isso, não existe por completo.
  É impossível ser livre totalmente ,mas digamos que metade é possível.
  Acredito eu, que estamos sempre presos, com nossas idéias, com a idéia de ser livre, com convenções sociais, com etc...
  Detalhe, se você for preso na idéia de que usar drogas faz mal à saúde  e que elas podem matar, você será livre das drogas.
  Outro exemplo, se você for preso a idéia de que o funk carioca é um ruim (não estou dizendo que é só um exemplo mesmo acreditando nisso) ,você será livre de escutar o funk carioca.
  Até agora estou só falando de fatores internos, porque se você não gosta de funk,por exemplo, você não vai escutá-lo por conta própria mas isso não te impede de escutar o funk num ônibus ou na casa do seu vizinho.
  A liberdade é baseada nesses conceitos de : se prender e se libertar.
  Então, se prenda nas coisas que gosta e se liberte do que não gosta.

Façam o que quiser, compartilhem,deem likes e +s e comentem.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário