quinta-feira, 4 de abril de 2013

A professora

  Ontem na aula, uma professora idealista e animada (coisa rara na educação pública) , chegou para dar aula. Fazer a velha apresentação :"oi meu nome é (não lembro o nome dela , sou ruim com nomes), fiz graduação...

  Só que isso se extendeu para aula toda  e ela era muito agitada (não parou de falar um segundo não sei como dá aula de manhã , de tarde e de noite).

  Disse que jogou fora a tv, não via tv há dois anos, não comia comida industrializada( certa ela) , que precisamos melhorar o mundo, que não podemos deixar que os grandes(os empresários e políticos e etc) nos controlem, nessa sociedade capitalista as pessoas te julgam pelo o que tu tens não pelo que é (discordo exponho em outro post) , que a sociedade te impõe seus preconceitos e idéias egoísta (algo assim, que devemos ter auto-controle e falou umas mil coisas desse gênero.

  Achei legal , uma professora feliz e que quer ensinar algo aos seus alunos , como disse coisa rara na educação brasileira atual.

   Como eu já disse, ela falou umas mil coisas, mas as que mais me marcaram foram:
-melhorar o mundo
-controle capitalista
-a sociedade te dá de presentes o preconceito
-as pessoas não ligam para você,.mas sim para o que você tem.
-o auto-controle
 
Apesar de fazer meus ouvidos doerem, foi legal consegui enxergar que os pensamentos dela tinham a influência de Karl Marx, Rosseau, Jesus (  era um profeta acho que tinha muitas coisas aproveitáveis no que ele dizia outras não), Kant(o auto-controle) e algumas idéias hippies dos anos 60.
  Se ela ler esse post , só quero agradeçe-la , ela conseguiu inspirar muitos outros posts.

  Compartilhe, curta(coloque um + , twitte) e comente é tri-legal*

*pode rir disso nem que seja um riso falso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário