sábado, 27 de abril de 2013

A culpa de tudo

  Ultimamente tenho tido uma vontade obssessiva de escrever sobre a liberdade. Talvez porque eu não tenha mas isso não vem ao caso agora.
  Todo o prisioneiro tem uma prisão, onde o guarda pode ser ele próprio ou outra pessoa ou coisas.  Mas ele apenas depende dele mesmo para sair, afinal ele mesmo é o guarda.
  Como isso ele pode ser o guarda e o prisioneiro?
  Todos nós colocamos, a culpa de tudo que acontece com nós, nos outros à nossa volta (por mais adulto que você seja).
  A vida infeliz, o amor fracassado, dívidas, doenças mentais e por aí vai( na verdade a lista é infinita).
  Por exemplo na vida infeliz, primeiro de quem é a vida? Segundo por que parece que a culpa não é da pessoa?
  A vida é da pessoa , TODOS nós temos TOTAL controle das nossas vidas, o que nos impede de fazer alguma coisa nessa vida são as convenções sociais, o bom senso e idéias que não acreditamos realmente, que superficialmente achamos que acreditamos, essas coisas são levadas muito a sério por isso acabam nos prendendo, por isso somos guarda e prisioneiro.
  Os fatores externos são como uma regra social por exemplo não seja bissexual e estas podem ser dadas pelo meio que a pessoa vive.  Nada impede um bissexual de ser bissexual, mas o medo da sociedade que é levado a sério por essa criatura, é uma reação de conservação da própria vida, já que existem muitas pessoas contra um só, e o resto é bem conhecido.
  Nada te impede, me impede e impede o mundo de ser o que ele quer ser é só você lembrar que não precisa levar a sério nenhum dos que já citei(convenções sociais, bom senso e idéias que não acreditamos realmente, que superficialmente achamos que acreditamos.).
  Recomendo eu para bom convívio social não esqueça do bom senso.Lembre-se de questioná-lo, pois assim você irá melhorá-lo.
  Pense, qual foi a última vez que se perguntou sobre isso?  Se não se lembra você provávelmente tem sérios problemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário